.: Loucos Pelo Botafogo - Região dos Lagos :.

Home Notícias Ex-goleiro, pai de Gatito elogia Jefferson, mas afirma: "Ninguém quer o banco"

Ex-goleiro, pai de Gatito elogia Jefferson, mas afirma: "Ninguém quer o banco"

E-mail Imprimir PDF

 Ex-goleiro, pai de Gatito elogia Jefferson, mas afirma: "Ninguém quer o banco"
Roberto "Gato" Fernandez está de férias no Brasil, comemora a fase do filho no Botafogo e elogia parceria com Jefferson. Simpático, ele brincou e disse que o problema é do técnico Jair Ventura
Um dos assuntos mais discutidos hoje em dia entre os torcedores do Botafogo é: quem merece ser o goleiro titular? Ídolo do clube, Jefferson voltou de forma brilhante, pegando pênalti e fazendo belas defesas diante do Atlético-MG. Por outro lado, Gatitio vem em ótima fase e, pela meritocracia adotada por Jair Ventura, não perderá a vaga. E foi o que aconteceu, mesmo estando poupado dos últimos dois jogos. O comandante já o garantiu entre os titulares.
 
Em casa, Gatito tem uma grande oportunidade de discutir o assunto com quem entende de verdade. Roberto "Gato" Fernandez, pai do jogador, teve grande destaque como goleiro de Palmeiras, Internacional e da seleção paraguaia. De férias no Brasil, ele vem acompanhando os treinamentos do filho no Estádio Nilton Santos e, óbivo, foi questionado sobre esse difícil, mas, ao mesmo tempo, ótimo problema que tem o técnico Jair Ventura.
 
- A fase que ele está vivendo é muito boa. Estou feliz, pois sou um pai coruja (risos). O Jefferson é um ótimo companheiro, e Gatito está feliz com esse entrosamento. Sempre falo para ele que quando tem um goleiro da mesma condição, é preciso se superar. Ninguém quer ficar no banco. Quem sai ganhando é o clube que tem dois goleiros de alto nível.
 
Pela primeira vez no Rio de Janeiro, desde que o filho assinou contrato com o Botafogo, Gato Fernández ficou em cima do muro e disse que Jair Ventura saberá o que é melhor para o time.
- A competição é sadia. Quem vai sentir dor de cabeça é o treinador (risos). Não é fácil, mas ele saberá o que é melhor para o Botafogo, que tem várias competições pela frente.
 
 Gato Fernández ainda não teve possibilidade de assistir pessoalmente a um jogo do filho com a camisa do Botafogo, já que Gatitio está fora faz duas rodadas se recuperando de um corte no joelho direito.
 
-Vi quando teve o acidente no jogo (contra o Nacional-URU, pela Libertadores) e foi muito feio, mas ele está bem. É ruim, pois quer jogar, mas acidentes acontecem. Já voltou a treinar e me parece mais confiante.
 
Gatito ainda é dúvida para a partida da próxima segunda-feira, contra o Sport, no Estádio Nilton Santos. Caso não entre em campo, Jefferson segue como titular. Outro que não tem presença garantida é o volante Bruno Silva, que tem uma lesão leve na coxa e vai ser reavaliado até o dia do confronto.
 
FONTE: GLOBO.COM
Share
 

BAIXE NOSSO APLICATIVO


Joomla inotur picma