.: Loucos Pelo Botafogo - Região dos Lagos :.

Home Colunistas O Pinião botafoguense: Quando não se pensa pequeno, as coisas fluem melhor

O Pinião botafoguense: Quando não se pensa pequeno, as coisas fluem melhor

E-mail Imprimir PDF

 O Pinião botafoguense: Quando não se pensa pequeno, as coisas fluem melhor
O Botafogo derrotou o Coritiba por 3x2 na casa do adversário e terminou a 25ª rodada no G6. A equipe alvinegra é a melhor do 2º turno, com 5 vitórias em 6 jogos disputados. São 4 vitórias nas últimas 4 rodadas do Brasileiro.
 
 O nosso treinador colocou em campo uma formação muito fechada, com o meio de campo formado pelos quatro volantes de origem e mais Gilson, ficando Roger isolado na frente. Em minha opinião, uma falta de ambição, que resultou, sem surpresa, em nulidade ofensiva. Só conseguimos armar um contra-ataque no 1º tempo, finalizado com chute de Roger para fora. Além disso, somente uma conclusão de Bruno Silva, mesmo marcado, aos 46, em que o goleiro fez grande defesa.
 
 Pelo lado curitibano, jogadas aéreas, como aos 15, em conclusão perigosa para fora, aos 31, que gerou um pênalti defendido por Gatito e aos 35, em bola de cabeça para as redes, após cobrança de falta. Aos 42 Gatito foi exigido novamente, em arremate na pequena área.
 
 Após o péssimo 1º tempo da equipe, o treinador alvinegro resolveu abrir mão da formação retrancada e equivocada e sacou Matheus Fernandes no intervalo, para a entrada de Marcos Vinícius. O time melhorou um pouco e chegou ao empate logo aos 11 minutos, com Roger, em assistência de João Paulo.
 
 Ainda carecíamos de maior poder ofensivo e não dava para entender a manutenção de Gilson no time, fora de sua função e mal no jogo. Enfim, aos 18 minutos, o treinador tirou Gilson e colocou Guilherme em campo. Um minuto após ter entrado, Guilherme desempatou a partida, em bela assistência de Bruno Silva.
 
 Diferente da 1ª etapa, a equipe adversária não assustava e quase ampliamos aos 26, com Bruno Silva, que recebeu de Guilherme e encheu o pé, mas o goleiro salvou. Um minuto depois, Carli, de cabeça, fez o goleiro aparecer novamente.
 
 A equipe curitibana procurava pressionar e o juiz marcava faltas para eles. Aos 36, em cobrança de uma dessas faltas, Gatito fez boa defesa. O treinador alvinegro, a seguir, tirou Bruno Silva e colocou Dudu Cearense. Aos 37, em nova cobrança de falta, o time adversário empatou.
 
 Felizmente nem deu tempo de lamentarmos o gol de empate, já que um minuto depois, aos 38, João Paulo dominou na área e encheu o pé para desempatar e sacramentar nossa vitória.
 
 Uma vitória importantíssima, que nos mantêm muito bem colocados na briga por uma vaga na Libertadores de 2018. No próximo domingo receberemos o Vitória, no Nilton Santos, quando não poderemos contar com Arnaldo e Roger, suspensos pelo terceiro cartão amarelo.
 
Lances do Jogo
 
1º tempo
 
- 15 min: em cruzamento da direita para a nossa área, a bola foi cabeceada com perigo, para fora;
- 17 min: Arnaldo puxou contra-ataque desde o campo de defesa, rolou para Roger na entrada da área, que chutou para fora e perdeu a oportunidade;
- 31 min: um jogador adversário dominou na lateral da área, cruzou, a bola bateu no cotovelo de Lindoso e o juiz assinalou pênalti;
- 34 min: na cobrança da penalidade, Gatito saltou e espalmou;
- 35 min: em nova falta assinalada pela arbitragem para a equipe adversária, na ponta esquerda, houve o cruzamento, um jogador deles cabeceou para o chão e a bola entrou fora do alcance de Gatito;
- 42 min: em cruzamento rasteiro da esquerda, o atacante se antecipou à marcação, tocou na bola e Gatito defendeu;
- 45 min: um atacante adversário dominou fora da área, chutou forte e a bola passou rente à trave de Gatito;
- 46 min: em cruzamento da esquerda, Bruno Silva cabeceou junto a um marcador e o goleiro defendeu com dificuldade.
 
2º tempo
 
- 11 min: João Paulo, em cobrança de falta, lançou na área adversária, na medida para Roger cabecear no ângulo e empatar: 1x1;
- 19 min: Roger dominou no ataque, rolou para Bruno Silva na direita, que cruzou rasteiro e Guilherme escorou para as redes: 2x1 Fogão!
- 26 min: Lindoso lançou Guilherme na esquerda, que avançou, rolou para Bruno Silva na área, que chutou forte e o goleiro mandou para escanteio;
- 27 min: após escanteio, Carli cabeceou bem, o goleiro se esticou e salvou novamente para escanteio;
- 36 min: em falta cobrada com força, Gatito rebateu bem;
- 37 min: em nova cobrança de falta, pela meia esquerda, o chute saiu muito forte e foi para as redes alvinegras: 2x2;
- 38 min: Victor Luis mandou para a área adversária, Marcos Vinícius tentou dominar, a bola encobriu o marcador e sobrou para João Paulo, que matou no peito, encheu o pé e desempatou: 3x2 Fogão!
 
Cartões
 
 Amarelo para Arnaldo, Joel Carli e Roger.
 
 Botafogo: Gatito, Arnaldo, Joel Carli, Igor Rabello e Victor Luis; Lindoso, Matheus Fernandes (Marcos Vinícius), Bruno Silva (Dudu Cearense), João Paulo e Gilson (Guilherme); Roger.
 
 Saudações alvinegras!
 
Share
 

Joomla inotur picma